Intermediário

Qual é o tipo certo de lente NIKKOR para sua DSLR?

Glossário

Revisado em setembro, 2016

Ler sobre todos os diferentes tipos de lente e suas abreviações pode ser um pouco cansativo, então tentamos simplificar o máximo possível. Você está interessado em uma das mais novas lentes NIKKOR, mas não tem certeza se ela funcionará com a sua câmera. Bom, há uma maneira fácil de saber—verificando as abreviações que formam o nome de cada lente NIKKOR.

A Nikon faz dois tipos diferentes de corpos de câmera DSLR—com e sem mecanismo de foco embutido. As câmeras sem um mecanismo de foco embutido precisam usar uma lente que tenha esse recurso. Existem dois tipos de lentes Nikon que possuem um mecanismo de foco embutido: Lentes AF-S e AF-P. As lentes NIKKOR sem um mecanismo de foco embutido são chamadas simplesmente de lentes AF NIKKOR.

As lentes AF NIKKOR usam um acoplamento mecânico entre a lente e o corpo da câmera. No corpo de diversas câmeras DSLR da Nikon, o mecanismo de foco está na câmera e uma série de engrenagens aciona o mecanismo de foco da lente, o que permite que ela foque.

Um benefício das lentes AF-S NIKKOR é a utilização do Motor de Onda Silencioso (SWM) para focalização. —O Motor de Onda Silencioso (SWM)— usa vibrações ultrassônicas no lugar de um sistema de engrenagens para focar a lente, proporcionando foco automático incrivelmente suave, silencioso e preciso.

As lentes AF-P usam um motor de “pulso” ou motor de “passo” de foco automático, e são até mais silenciosas e suaves para foco automático do que uma lente AF-S, tornando estas lentes ideais para a gravação de vídeo com uma DSLR.

As câmaras DSLR que possuem um mecanismo de foco em seu corpo podem utilizar lentes AF e AF-S. Ou, em outras palavras, como as AF-S NIKKOR têm o mecanismo de foco embutido na lente, elas podem ser usadas em qualquer câmera Nikon, com ou sem o corpo do mecanismo de foco, pois a lente em si controla a função de foco.

As câmeras DSLR Nikon mais de entrada ou iniciantes são projetadas sem o mecanismo de foco embutido, para que sejam mais leves que os modelos maiores e mais avançados. As DSLRs mais de entrada, que não incorporem um mecanismo de foco embutido, precisam usar lentes AF-S ou AF-P NIKKOR para alcançar a capacidade de foco automático da lente.

Mas o que acontece se você tiver uma das câmeras de entrada e realmente quiser usar uma lente AF. É preciso saber se sua câmera aceita a lente—e a resposta é sim. Uma lente AF NIKKOR pode ser usada em uma câmera de entrada com funcionalidade limitada. Será necessário ajustar o foco da lente manualmente, usando o anel de foco no cilindro da lente. A telemetria eletrônica, que é visível na parte inferior esquerda do visor, confirmará se o assunto está em foco. Gire o anel de foco na lente e quando a luz verde acender, o assunto estará em foco.


As lentes AF-P

As lentes AF-P permitem que você defina determinadas configurações no sistema de menu da câmera, como o VR (Redução da vibração) e o modo AF/MF. As lentes mais antigas têm interruptores no cilindro da lente para ligar e desligar o VR, bem como alternar entre o modo de foco manual e modo AF.

Como o modo de foco e VR são definidos usando os menus da câmera, nem toda DSLR da Nikon é compatível com lentes AF-P, e aquelas que são talvez precisem ter seu firmware atualizado para que exibam os itens de menu corretos.


Lentes NIKKOR tipo E

Algumas lentes NIKKOR mais recentes incorporam um mecanismo de diafragma eletromagnético no cilindro da lente para fornecer controle altamente preciso do diafragma ou lâmina de abertura quando usa a exposição automática durante o disparo contínuo, especialmente em disparo com alta velocidade de captura de quadros. Isso é diferente das lentes do tipo D ou G, nas quais as lâminas do diafragma são operadas mecanicamente. As câmeras DSLR mais antigas e as SLRs de filme não podem usar lentes do tipo E.


Legado das lentes NIKKOR​

Um dos principais aspectos do sistema de câmeras da Nikon é que a maioria das lentes antigas—aquelas que você talvez tenha usado em sua câmera SLR Nikon de filme—podem ser usadas na sua câmera DSLR atual. Pode haver algumas limitações, dependendo exatamente de qual lente NIKKOR você quer usar com a sua DSLR, mas chegaremos lá em um minuto.

Lentes AI

E se você tiver lentes mais antigas que costumava usar com uma câmera SLR Nikon de filme— Bem, você pode usar essas lentes desde que tenham sido fabricadas depois de 1977. Foi quando a Nikon começou a fazer as lentes AI. AI significa sistema de "indexação automática de abertura máxima" (em inglês, Automatic Maximum Aperture Indexing) que é o sistema mecânico para acoplar a lente ao sistema de exposição da câmera.

As lentes AI têm foco manual e podem ser usadas em qualquer Nikon DSLR, com poucas exceções. Em geral, as câmeras mais avançadas serão capaz de medir através da lente de uma AI NIKKOR As câmerasintermediárias ou mais de entrada podem aceitar uma lente AINIKKOR,mas a exposição precisará ser determinada manualmente,usando um medidor de luz, e não através da lente.

As lentes AIS, que vieram depois, permite o controle de abertura automático, o que controla a abertura com mais precisão.

Uma lente AI-P é uma lente manual que tem um CPU (basicamente um computador) embutido; que é usado para transferir a fotometria da lente para a câmera.

Uma lente AF-I usa um mecanismo de acionamento de foco sem fio D/C embutido para a operação de foco automático rápido e foi a primeira lente Nikon a oferecer o modo de foco M/A, um modo popular atualmente.

Então, independentemente das outras abreviações que você possa ver nas lentes NIKKOR, certas câmeras Nikon DSLR para iniciantes precisam de lentes AF-S para sua funcionalidade total. As câmeras profissionais DSLR de alta capacidade precisam apenas de uma lente AF para a funcionalidade do foco automático. Uma lente AI pode ser usada, quando usando foco manualmente, na maioria das câmeras Nikon DSLR, mas só poderá medir através da lente quando for usado em modelos DSLR superiores.

Diferenças entre as lentes de foco automático e de foco manual

Agora que já vimos um pouco da história das lentes NIKKOR, discutiremos a diferença entre as lentes NIKKOR de foco automático e de foco manual.

Atualmente, a Nikon oferece lentes que têm operação de foco automático e outras que oferecem somente foco manual. Como às vezes você pode querer controlar o foco sozinho, é possível definir o foco manualmente em qualquer lente NIKKOR de foco automático, basta ajustá-la para o modo de foco manual.

Sabemos que há três séries de lentes de foco automático: AF NIKKOR, AF-S NIKKOR e AF-P NIKKOR. Todas elas podem ser usadas no modo de foco manual.

Lentes NIKKOR tipo D

Uma lente tipo D transmite a informação de distância entre o assunto e a câmera para as DSLRs da Nikon que têm o recurso de fotometria por matriz de cores 3D (todas as versões), fotometria por matriz 3D, flash de preenchimento com compensação de sensor múltiplo 3D e flash de preenchimento com compensação i-TTL. Muitas lentes tipo D têm um anel de controle de abertura e podem ser usadas em câmeras Nikon SLR mais antigas, que permitem controle manual da abertura e também nas DSLRs—um recurso especialmente útil para ajustar a abertura ao filmar vídeos em modelos superiores. Quando usado em uma DSLR, o anel de controle da abertura precisa ser travado na menor abertura possível (geralmente designada na cor laranja) e o controle de abertura é mantido pelo disco de comando da câmera.

Lentes NIKKOR tipo G

Uma lente tipo G não tem um anel de controle de abertura e é para ser usada em Nikon DSLRs que permitem que a abertura da lente seja ajustada pelo disco de comando da câmera. Como as lentes tipo G se baseiam na informação de distância do assunto à câmera, onde são usadas para ajudar a determinar a exposição do flash e ambiente, elas também são consideradas lentes tipo D. A falta do anel de controle de abertura talvez seja a maneira mais fácil de dizer se a lente é NIKKOR tipo G ou não. [A lente AF-S NIKKOR 24-120mm f/4G ED VR, mostrada acima, é um exemplo de lente tipo G. Veja que não há nenhum anel de abertura naquela versão da lente, enquanto que há um anel de abertura na versão AF, acima, à direita.]


Lentes NIKKOR de foco manual

Por outro lado, as lentes NIKKOR de foco manual não têm nenhuma capacidade de foco automático. As lentes de foco manual podem ser usadas nas Nikon DSLRs atuais no modo de foco manual.

Com ainclusão do recurso de gravação de vídeo em muitas das DSLRs da Nikon, as lentes primárias (ou dedistânciafocal fixa) manuais estão reconquistando sua popularidade. As lentes de foco manual não usam os sistemas de fotometria que é embutido em diversas câmeras DSLRs, portanto, consulte o seu manual de instruções para entender a compatibilidade entre as lentes NIKKOR de foco manual e a sua câmera em particular. [A lente Micro NIKKOR 105mm f/2.8, que aparece como exemplo de uma lente Ais, é uma lente de foco manual)

Consulte a tabela de compatibilidade de lentes para obter mais informações. icon for a PDF

Este artigo vai muito bem com esse produto

Mais artigos como este